Detalhes do Trabalho

ANALISANDO A CRISE DE 1992 SOB A PERSPECTIVA MACROECONÔMICA AUSTRÍACA

Trabalho de Conclusão de Curso

Semestre:  2/2020
Autor: Gabriel Koerich Karsten
Orientador: Daniel Rodrigo Strelow
Coordenador: Marcia Fuchter
Curso: CEC - Ciências Econômicas
Resumo: 

As discussões em torno das contribuições da Escola Austríaca de Economia compõem o pano de fundo temático deste trabalho. Nos voltamos para os contextos de crise econômica do Brasil, mais especificamente no início dos anos 1990, perguntando por possíveis aportes teóricos da Escola Austríaca para interpretar a crise, bem como as medidas para sua solução. Objetiva-se analisar as políticas macroeconômicas implementadas pelo governo brasileiro durante a crise de 1992, a luz das premissas teóricas da Escola Austríaca de Economia, contextualizando a crise, as premissas que nortearam as medidas de solução adotadas, bem como possíveis contribuições da EA. Para tanto, recorremos a uma investigação bibliográfica, articulando livros clássicos e artigos científicos levantados a partir de pesquisas em bases de dados científicas digitais, construído análises através de uma abordagem qualitativa dos debates produzidos entre especialistas na área. Entre os resultados, foi possível apontar para algumas abordagens e medidas de solução econômicas possíveis, a partir das influências do pensamento austríaco. Foi constatada também a pouca bibliografia existente a luz das premissas austríacas, bem como a necessidade de ampliar os debates a partir de referentes liberais, especialmente os oriundos da Escola Austríaca.

Palavras-chave: Crise de 1992, Inflação, Escola austríaca
Data da Banca: 14/12/2020
Data de Públicação do Trabalho: 10/05/2021